News

Banca de DEFESA: FRANCYSCO RENATO ANTUNES LOPES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FRANCYSCO RENATO ANTUNES LOPES
DATA: 26/04/2013
HORA: 08:00
LOCAL: Sala de Video II (CCHL)
TÍTULO:

Da argila se molda o homem: O artesanato do Poti Velho e a espacialização da cultura local.


PALAVRAS-CHAVES:

Paisagem Geografia Cultural. Artesanato. Poti Velho

 

PÁGINAS: 112
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
SUBÁREA: Geografia Humana
ESPECIALIDADE: Geografia Urbana
RESUMO:

O presente trabalho consiste em uma investigação da relação entre o artesanato produzido no bairro Poti Velho em Teresina com a configuração da paisagem local sob a perspectiva da Geografia Cultural através de três aspectos investigativos: cultura como herança; cultura e as relações institucionalizadas; e cultura e coesão social (comunidade). O bairro apresenta elementos históricos importantes por ter sido o local de instalação da cidade de Teresina e por há décadas ser uma referência na produção artesanal local, regional e nacional. Dentro das categorias espaciais a paisagem foi selecionada por contemplar a relação homem meio e a produção resultante disso, no caso específico a cultural. Objetivou-se analisar como a configuração da paisagem local contribuiu com a produção artesanal do bairro Poti Velho, além de elencar os processos de relação das peças com a espacialização, a forma como a paisagem e seus elementos influenciaram o artesanato e as mudanças na comunidade em decorrência das atividades artesanais. A entrevista semiestruturada foi o método escolhido para coletar dados dos sujeitos da pesquisa, os artesãos, e de outras fontes de informações diretamente ligadas ao tema. Constatou-se que a produção artesanal é influenciada diretamente pela paisagem, pois a matéria prima extraída nos arredores do local é usada na confecção de artefatos, posteriormente comercializados gerando renda e meios de sobrevivência para os artesãos e suas famílias. Através do artesanato e da sua importância, houve alterações na paisagem local em 2006 com a construção do Polo Cerâmico do bairro, realizada com parceiros apoiadores da comunidade artesã. Averiguou-se também que a próxima modificação na paisagem local será a reurbanização da área através do Programa Lagoas do Norte, projeto polêmico que influenciará diretamente o artesanato local ao propor modificações na lagoa onde é extraída a argila para confecção de peças, pondo fim a retirada da matéria-prima. Sugeriu-se a necessidade de diálogos contemplativos aos interesses de ambos os lados, respeitando a cultura e a identidade social da comunidade em questão.

 

MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1167728 - CARLOS SAIT PEREIRA DE ANDRADE
Externo ao Programa - 1656931 - JACIONIRA COELHO SILVA
Presidente - 1167476 - JOSE LUIS LOPES ARAUJO
Externo à Instituição - VIVIANE PEDRAZANI - UESPI
Notícia cadastrada em: 26/04/2013 06:02
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 25/09/2022 06:16