News

Banca de QUALIFICAÇÃO: GLÁCIA LOPES ARAÚJO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GLÁCIA LOPES ARAÚJO
DATA: 30/05/2019
HORA: 09:00
LOCAL: SALA 317
TÍTULO: LEVANTAMENTO DO PATRIMÔNIO GEOLÓGICO/GEOMORFOLÓGICOS NOS MUNICÍPIOS DE CALDEIRÃO GRANDE DO PIAUÍ, FRANCISCO MACEDO E SIMÕES – PIAUÍ
PALAVRAS-CHAVES: Geodiversidade. Avaliação. Patrimônio geológico. Patrimônio geomorfológico. Caldeirão Grande do Piauí. Francisco Macedo. Simões.
PÁGINAS: 102
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
SUBÁREA: Geografia Regional
ESPECIALIDADE: Análise Regional
RESUMO:

Desde o advento da Revolução industrial o homem passou a efetuar transformações cada vez maiores na natureza, muitas dessas transformações geraram desequilíbrios que passaram a ser motivo de preocupação no mundo inteiro, especialmente a partir da década de 1970, quando se intensificam as discussões internacionais sobre a necessidade de preservação do meio ambiente, no entanto os elementos bióticos e abióticos da natureza não receberam o mesmo peso nesse movimento conservacionista, uma vez que só a partir da década de 1990 começam, efetivamente, os debates a respeito da importância dos elementos abióticos da natureza (geodiversidade) para o equilíbrio da vida no planeta e para o desenvolvimento das sociedades humanas, destacando a importância da sua conservação. Surge então uma questão central: Qual parcela da geodiversidade deve ser conservada? Os pesquisadores dessa área são unanimes ao reconhecer a impossibilidade de conservar toda a geodiversidade, mas apenas a parcela que seja mais significativa, a qual sejam atribuídos valores, sendo considerada como patrimônio. Nesse sentido, faz-se cada vez mais necessário a avaliação desta, de modo a identificar a parcela que se constitui como patrimônio a ser conservado. No intuito de contribuir nesse esforço é que este trabalho pretende efetuar um levantamento do patrimônio geológico/geomorfológicos nos municípios de Caldeirão Grande do Piauí, Francisco Macedo e Simões – Piauí, como suporte a iniciativas de geoconservação e geoturismo; para alcançar esse objetivo optou-se pela adoção de uma metodologia qualiquantitativa de avaliação do patrimônio geológico/geomorfológico desses municípios, adotando as metodologia proposta por Pereira (2006) para a inventariação do patrimônio geológico/geomorfológico e a metodologia proposta pela CPRM (2016) para a quantificação desse patrimônio. No entanto, fez-se necessário, nessa pesquisa, antes de proceder essa avaliação, a busca por um aporte teórico a respeitos dos principais conceitos dentro da temática da geodiversidade, bem como discutir a questão da geoconservação, tomando como base para essa discussão as políticas de geoconservação implementadas no Brasil, e um levantamento preliminar a respeito da geodiversidade dos municípios pesquisados. Assim sendo, este trabalho, ainda parcial, apresenta o resultado desse esforço que embasará a avaliação do patrimônio geológico/geomorfológico dos municípios de Caldeirão Grande do Piauí, Francisco Macedo e Simões – PI a ser realizada na próxima fase dessa pesquisa.



MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1461646 - CLAUDIA MARIA SABOIA DE AQUINO
Interno - 2231533 - EMANUEL LINDEMBERG SILVA ALBUQUERQUE
Externo ao Programa - 843.293.353-87 - LIVANIA NORBERTA DE OLIVEIRA - NENHUMA
Notícia cadastrada em: 14/05/2019 08:32
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 03/10/2022 04:25