News

Banca de QUALIFICAÇÃO: GLECIA MARIA DE CARVALHO SOUSA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GLECIA MARIA DE CARVALHO SOUSA
DATA: 21/07/2020
HORA: 09:00
LOCAL: sala virtual google meet
TÍTULO: MAPEAMENTO DO USO E COBERTURA DA TERRA E IDENTIFICAÇÃO DE CONFLITOS LEGAIS EM ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE MARGINAIS (APPS) DO RIO RIACHÃO, NO MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DE LISBOA-PI
PALAVRAS-CHAVES: Recursos hídricos, Uso e cobertura das Terras, Usos conflitivos APP's
PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
RESUMO:

A temática Recursos Hídricos torna-se atual e de grande relevância para o Brasil e o mundo, dadas as condições da crescente demanda da sociedade e da economia em relação a estes recursos e cuja oferta torna-se insuficiente para atender aos novos padrões sociais e tecnológicos vigentes, em virtude da degradação dos mananciais. A água é um recurso estratégico para a humanidade, de importância ecológica, econômica e social. Basicamente, ela mantém a vida no planeta, sendo o alicerce de grande parte das atividades produtivas da sociedade moderna. Logo, sua proteção e gestão responsável são essenciais para melhoria da qualidade deste recurso. Nesse sentido, a identificação das áreas de preservação permanente, aliada aos distintos tipos de uso e cobertura das terras, com vista a análise de conflitos é fundamental, posto as APP’s constituírem instrumento importante para proteção e recuperação da qualidade hídrica, em especial no meio urbano por concentrar fontes de perturbação e alteração do uso da terra decorrentes das atividades antrópicas desenvolvidas muitas vezes as margens dos cursos d’água. A importância dos estudos em bacias hidrográficas para preservação dos cursos de água, em especial nas regiões semiáridas, a exemplo do município de Santo Antônio de Lisboa- PI, justifica a realização da pesquisa que tem como objetivo geral analisar os conflitos de uso das terras nas áreas de preservação permanente (APP’s) no município de Santo Antônio de Lisboa-PI. Como objetivos específicos têm-se: i)Identificar as áreas de APP’s que margeiam (mata ciliar) o rio Riachão; ii)Identificar os distintos tipos de uso/cobertura das terras das áreas APP’s que margeiam o rio Riachão; iii Identificar as principais fontes de poluição difusa e pontual na área de estudo e caracterizá-las; iv)Avaliar a participação da população local e ribeirinha no tocante a conservação ou não do rio Riachão; v) Produzir material educativo, quiçá uma cartilha educativa, aliada a realização de oficinas em escolas municipais e estaduais do município como forma de alertar orientar acerca da necessidade de conservação da água. A metodologia empregada baseou-se em Cruz, Lanzanova e Bisognin (2019) utilizando técnicas de geoprocessamento e a prática de campo. Os resultados preliminares revelaram que a App do município é de 30 metros conforme medido o leito regular do rio de até 10 metros de largura.


 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1461646 - CLAUDIA MARIA SABOIA DE AQUINO
Interno - 1433032 - RAIMUNDO LENILDE DE ARAUJO
Externo à Instituição - ELISABETH MARY DE CARVALHO BAPTISTA - UESPI
Externo à Instituição - FRANCILIO DE AMORIM DOS SANTOS - IFPI
Notícia cadastrada em: 25/06/2020 09:39
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 02/10/2022 23:34