News

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIA DO DESTERRO DA SILVA BARBOSA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA DO DESTERRO DA SILVA BARBOSA
DATA: 30/07/2020
HORA: 15:00
LOCAL: Sala virtual Google meet
TÍTULO: O PENSAMENTO ESPACIAL E O RACIOCÍNIO GEOGRÁFICO DOS ESTUDANTES DA TURMA DE ASTRONOMIA DO PROGRAMA CIDADE OLÍMPICA EDUCACIONAL DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE TERESINA -PI
PALAVRAS-CHAVES: Aprendizado. Pensamento Espacial. Raciocínio Geográfico. Linguagem Cartográfica. Olimpíadas. Teresina.
PÁGINAS: 125
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
RESUMO:

O aprendizado é um processo no qual o sujeito adquire informações, habilidades e valores. Este acontece principalmente em um ambiente sócio-histórico mediado por sistemas de símbolos (como a linguagem) e signos (palavras, conceitos), capazes de transformar as marcas externas do ambiente em marcas internas (psíquicas), é o que Vigotski chama de processo de internalização. O ambiente escolar é o meio mais capacitado para o desenvolvimento desse processo e das funções psicológicas superiores que formam o pensamento verbal, mediado pelo professor numa relação de interdependência entre conhecimento, professor e aluno. Cabe ao docente desenvolver seu trabalho pedagógico numa visão prospectiva, fundamentado em conceitos científicos necessários para a internalização do conhecimento e das habilidades cognitivas, fundamentais na formação dos sujeitos. Neste sentido, destaca-se o pensamento espacial e o raciocínio geográfico mediado pela linguagem cartográfica. Este conhecimento é de grande relevância para a educação geográfica, assim como para outras disciplinas escolares, sendo também reconhecido por algumas Olimpíadas do Conhecimento. Estas Olimpíadas configuram-se como formas de avaliação externa, criadas para estimular o gosto pela Ciência, descobrir novos talentos e promover contato entre povos e culturas, atraindo e estimulando estudantes, professores e gestores da educação básica. Neste sentido, esta pesquisa questiona em que medida as Olimpíadas do Conhecimento Científico contribuem para o desenvolvimento do pensamento espacial e do raciocínio geográfico? Tendo como objetivo geral diagnosticar o pensamento espacial e o raciocínio geográfico dos estudantes da Turma de Astronomia do Programa Cidade Olímpica Educacional da rede municipal de ensino de Teresina. Quanto aos objetivos específicos, tem-se: 1) Discorrer sobre concepções teórico-metodológicas do processo de ensino e aprendizado; 2) Conhecer os objetivos, as finalidades e os interesses dos estudantes e agentes incentivadores das Olimpíadas do Conhecimento Científico. 3) Aplicar com os estudantes da Turma de Astronomia do Programa Cidade Olímpica Educacional, técnicas de verificação do pensamento espacial e o raciocínio geográfico, visando a demonstração das habilidades adquiridas durante a preparação das Olimpíadas do Conhecimento Científico. Assim, trata-se de uma pesquisa exploratória, descritiva e explicativa, no que concerne ao tratamento dos dados, configurando-se como uma pesquisa qualitativa. Está dividida em dois momentos principais: a) pesquisa bibliográfica e documental; b) pesquisa de campo. Entre os estudiosos que contribuíram com a revisão teórica destaca-se: Vigotski (2008; 2000), Castellar e Juliasz (2017), Risette e Castellar (2017), Castellar e Vilhena (2014); Gersmehl (2014), Libâneo (2013), Hoffmann (2006), Luckesi (1986); Duarte (2018), Vieira (2016), Bardin (1977), dentre outros teóricos e produções literárias. Para a pesquisa de campo será aplicado a pesquisa-ação e técnicas de coletas de dados, como questionário, entrevista, assim como atividades pedagógicas: desafio, problema e jogos, além do diário de campo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2440142 - BARTIRA ARAUJO DA SILVA VIANA
Interno - 1671765 - ANDREA LOURDES MONTEIRO SCABELLO
Interno - 2280398 - ARMSTRONG MIRANDA EVANGELISTA
Externo à Instituição - SONIA MARIA VANZELLA CASTELLAR - USP
Notícia cadastrada em: 10/07/2020 14:23
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 04/10/2022 04:32