News

Banca de QUALIFICAÇÃO: JOSÉ GERMANO MOURA RAMOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSÉ GERMANO MOURA RAMOS
DATA: 30/09/2020
HORA: 15:00
LOCAL: Google Meet
TÍTULO: ANÁLISE DA TEMPERATURA DE CAXIAS E SUA RELAÇÃO COM A EXPANSÃO URBANA
PALAVRAS-CHAVES: Climatologia, Clima urbano, Temperatura local, Insolação, Umidade do Ar.
PÁGINAS: 159
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
RESUMO:

A pesquisa Análise da Temperatura de Caxias e sua Relação com a Expansão Urbana ganha importância porque pode ser entendida como parte de um sistema que tem ligações com diversos elementos naturais ou criados pela sociedade atuantes conjuntamente. A temperatura, um elemento atmosférico, exerce diretamente influência sobre lugar, pessoa, e formas de vidas. Por apresentar mudanças diárias e em períodos mais longos, pessoas em diversos lugares tentam entendê-la. Em cidades situadas em regiões equatoriais assume papel vital tanto com sua média elevada diariamente, bem como, em função de interferência deste fator nas relações humanas, nas atividades produtivas. As cidades no Brasil igualmente de outros países concentram muito, Conti (2011) menciona 84,3% dos brasileiros vivem em áreas urbanas. Desta forma, se elaborou como objetivo geral: analisar a variação da temperatura na cidade de Caxias a partir do sítio e da expansão do perímetro urbano tendo como desdobramentos os objetivos específicos: identificar a micro temperatura nos espaços caxienses e mecanismos de influência na alteração da mesma; verificar se a expansão da área urbana está formando ilhas de calor na cidade; identificar relação entre o grau de transformação do meio e a dinâmica da temperatura atmosférica local e desenvolver análise sobre a formação e reprodução do espaço urbano caxiense como transformador do ambiente e, cuja problemática se levantou em: o processo de expansão urbana caxiense tem provocado alteração da temperatura entre as zonas: central, sul, leste e norte? A pesquisa se enquadra no tipo quali-quatitativa exploratória cuja metodologia baseia em estudos de referenciais, em campo sendo realizada em duas etapas, julho e outubro, com a constituição de quatro pontos de coletas de temperatura às 9h, 15h e 21h simultaneamente através de equipamento Thermo-Higro-Anemometer digital Akrom KR825. O amparo teórico fundamenta-se com Ayoade (2015); Barry e Chorley (2014); Conti (2011); Foucault (1993); Mendonça (2007; 2014); Monteiro (1990a; 1990b; 2009; 2015); Monteiro e Mendonça (2009); Sant’Anna Neto, Amorim e Silva (2016); Santos (1988; 2012; 2014); Sposito (2014); Sposito (2018);Torres e Machado (2016); Vitte e Guerra (2011). Os resultados parciais indicam variação na temperatura entre os locais coletados que chegam a amplitude de 7,6°C, como amplitude mínima obtida de 3,4°C, média individual mais elevada de 30,7°C com a média mais baixa de 28,1°C. A menor média diária entre todos os locais foi verificada no dia 25/07/2020.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1167728 - CARLOS SAIT PEREIRA DE ANDRADE
Interno - 1433032 - RAIMUNDO LENILDE DE ARAUJO
Externo à Instituição - SAMMYA VANESSA VIEIRA CHAVES - CEFET/PI
Notícia cadastrada em: 16/11/2020 06:52
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 30/09/2022 12:33