News

Banca de QUALIFICAÇÃO: JOÃO CASSIANO PINTO DE AMORIM

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOÃO CASSIANO PINTO DE AMORIM
DATA: 20/05/2021
HORA: 08:30
LOCAL: ambiente virtual-google meet
TÍTULO: GEOPATRIMÔNIO NATURAL E PATRIMÔNIO HISTÓRICO/CULTURAL DO MUNICÍPIO DE PIRIPIRI, PI
PALAVRAS-CHAVES: Geoconservação; Geomorfossítios; Sítios de Geodiversidade; Patrimônio Histórico-Cultural; Geoturismo
PÁGINAS: 102
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
RESUMO:

A Geodiversidade pode ser estudada sob diferentes óticas e conceitos, muito caros a ciência geográfica, seja do ponto de vista da Paisagem, Território ou Espaço. O geógrafo é um dos profissionais capacitados para lidar com a Geodiversidade e seus conceitos correlatos. Buscando exercer essa capacidade, a pesquisa objetivou, para o município de Piripiri/PI (localizado na Região Intermediaria do Parnaíba), levantar as distintas características ambientais para fins de conhecimento da geodiversidade/geopatrimônio (geológico, geomorfológico e hidrológico) e patrimônio histórico/cultural do município, como suporte a iniciativas de geoconservação e geoturismo. Quantos aos objetivos específicos desta pesquisa constam: i) Discutir a relação Geografia/Geodiversidade e sua geoconservação; ii) Realizar inventariação do geopatrimônio considerando as etapas de identificação, avaliação e seleção de geomorfossítios e sítios de geodiversidade no município de Piripiri/PI; iii) quantificar o geopatrimônio inventariado; iv) Identificar o patrimônio histórico/cultural do município de Piripiri/PI; e v) Propor uma cartilha informativa com um roteiro geoturístico considerando o geopatrimônio e o patrimônio histórico e cultural do município de Piripiri/PI. O geopatrimônio foi inventariado segundo Oliveira (2015), já a quantificação será realizada com base na metodologia de Pereira (2006). A identificação do Patrimônio Histórico/Cultural do município será baseada em prévia consulta a documentos oficiais, órgãos públicos do referido município, sites, artigos científicos sobre locais de interesse com esse patrimônio; quanto ao inventário do patrimônio, basear-se-á em Ficha de inventário adotada pelo município de Dores do Indaiá/Minas Gerais, em 2019, ficha que contempla informações solicitadas pelo IPHAN (2016). De forma a contemplar a elaboração do roteiro geoturístico e da cartilha, a metodologia utilizada será a adotada por Guimarães (2016). A inventariação identificou 15 geomorfossítios/sítios de geodiversidade dentro do município todos apresentando valores científico/didático, turístico, estético, ecológico, cultural e econômico em diferentes níveis. Os sítios com o valor científico/didático elevado são propícios para a realização de aulas de campo sobre geologia, geomorfologia e outras temáticas; já outros sítios apesar, da importância científica/didática, turística, não estão recomendados a visitação por falta de infraestrutura. Com a quantificação baseada em Pereira (2006) almeja-se contribuir com a conservação e a valorização do geopatrimônio; e com a elaboração da cartilha e roteiro geoturístico baseada em Guimarães (2016) almeja-se contribuir para a valorização e o reconhecimento do geopatrimônio e do patrimônio histórico/cultural do município de Piripiri/PI.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1461646 - CLAUDIA MARIA SABOIA DE AQUINO
Interno - 6422093 - IRACILDE MARIA DE MOURA FE LIMA
Interno - 1671765 - ANDREA LOURDES MONTEIRO SCABELLO
Externo à Instituição - MARCO TÚLIO MENDONÇA DINIZ - UFRN
Notícia cadastrada em: 04/05/2021 14:25
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 02/10/2022 22:50