News

Banca de QUALIFICAÇÃO: GILDÊNIA LIMA MONTEIRO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GILDÊNIA LIMA MONTEIRO
DATA: 21/07/2022
HORA: 13:30
LOCAL: Plataforma Google Meet
TÍTULO: O ENSINO DE GEOGRAFIA E A EDUCAÇÃO AMBIENTAL: diálogos e reflexões da prática docente no Ensino Fundamental (anos finais) – Teresina, PI
PALAVRAS-CHAVES: Ensino de Geografia. Educação ambiental. Prática Docente. Ensino Fundamental Anos Finais.
PÁGINAS: 74
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
SUBÁREA: Geografia Humana
RESUMO:

Refletir sobre a questão ambiental na sociedade atual requer da humanidade a aquisição de novas posturas, mudanças de percepção e comportamento e a Educação Ambiental assume esse papel de transformar, em especial, os ambientes escolares. A Geografia por sua vez, é uma disciplina escolar que ao estudar a relação sociedade e natureza insere práticas de Educação Ambiental em suas atividades. As dificuldades e perspectivas encontradas pelos professores de Geografia em sua prática docente, ao trabalharem as questões ambientais, podem ser refletidas em consonância com sua formação inicial e continuada e que podem trazer reflexos para seu ambiente de trabalho – a sala de aula. O objetivo geral desse estudo é analisar a concepção de Educação Ambiental empregada nas aulas de Geografia do Ensino Fundamental (Anos Finais), buscando refletir sobre as práticas docentes. Especificamente objetivase: a) Conhecer de que forma a Educação Ambiental está inserida no ambiente escolar por meio dos documentos oficiais presentes na escola (Projeto Político Pedagógico, planejamento escolar e planos de aulas); b) Identificar a (as) concepção (ções) de Educação Ambiental dos professores de Geografia; c) Analisar como os professores de Geografia trabalham a Educação Ambiental no Ensino Fundamental (anos finais) a fim de descrever as práticas docentes; d) Elaborar uma proposta de intervenção colaborativa com os professores da escola que permita a reflexão sobre as possibilidades e desafios da Educação Ambiental no contexto das aulas de Geografia. O estudo de caso em questão caracteriza-se por sua abordagem qualitativa e se configura como uma pesquisa ação, onde há o envolvimento e participação colaborativa da pesquisadora na realidade observada, na Escola Municipal Nossa Senhora da Paz, local onde será realizada a pesquisa com professores de Geografia, Direção e Coordenação Pedagógica. Para alcançar os objetivos propostos utilizou-se a pesquisa bibliográfica e documental para embasar as discussões do referencial teórico, citando autores como Dias (2004; 2021), Reigota (2016), Souza (2018), Cavalcanti (2012), Tardif (2020), Callai (2010; 2018), Castellar (2019), a Política Nacional de Educação Ambiental (BRASIL, 1999) e a Base Nacional Comum Curricular (BRASIL, 2017). Espera-se ao final da pesquisa contribuir com a escola e comunidade pesquisada no sentido de mudanças de percepção, atitudes e comportamentos a respeito das problemáticas socioambientais encontradas na comunidade, de modo que os professores de Geografia saibam como conduzir suas práticas de Educação Ambiental na escola sem maiores dificuldades.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1671765 - ANDREA LOURDES MONTEIRO SCABELLO
Interno - 2280398 - ARMSTRONG MIRANDA EVANGELISTA
Interno - 1433032 - RAIMUNDO LENILDE DE ARAUJO
Externo à Instituição - ELISABETH MARY DE CARVALHO BAPTISTA - UESPI
Notícia cadastrada em: 08/07/2022 08:54
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 04/10/2022 05:00