News

Banca de DEFESA: MARIA DO SOCORRO RIBEIRO DE MELO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA DO SOCORRO RIBEIRO DE MELO
DATA: 26/02/2014
HORA: 08:30
LOCAL: SALA DE VIDEO II - CCHL
TÍTULO:

A PLURIATIVIDADE COMO INSTRUMENTO DE TERRITORIALIZAÇÃO NO ASSENTAMENTO RURAL FREXEIRAS EM BATALHA-PIAUÍ.



PALAVRAS-CHAVES:

Assentamento Rural. Pluriatividade. Territorialização.  Artesanato.

 


PÁGINAS: 105
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
SUBÁREA: Geografia Humana
ESPECIALIDADE: Geografia Agrária
RESUMO:

O espaço rural tem passado por intensas e contínuas transformações no que se refere a sua forma de produção, uso e a apropriação da terra por parte do camponês/agricultor familiar, que vê nesta, o instrumento para sua sobrevivência e de sua família no mesmo. Dessa forma, em meio ás modificações estruturais pelas quais passa o espaço rural, o camponês/agricultor familiar tem procurado incrementar sua renda inserindo ou desenvolvendo “novas” atividades que possam contribuir para o processo de territorialização e manutenção da unidade familiar nos assentamentos rurais através, da combinação de atividades agrícolas e atividades não-agrícolas (pluriatividade). Assim, o objetivo geral desta pesquisa é analisar a importância socioeconômica da pluriatividade no processo de territorialização do Assentamento Rural Frexeiras no Município de Batalha-PI, onde, desenvolve-se a pluriatividade, destacando-se as atividades comerciais e o artesanato.  Nesse contexto, em virtude das particularidades que a realidade no espaço rural apresenta e em particular os assentamentos rurais, adotou-se como método de pesquisa o estudo de caso, no qual, utilizou-se de pesquisas: bibliográfica, documental e de campo, nesta, aplicando como técnicas de coletas de dados, a observação direta, aplicação de questionários junto aos assentados bem como o registro fotográfico do recorte em estudo, os dados colhidos foram tabulados e dispostos em gráficos e tabelas. Concluindo-se, que no Assentamento Rural Frexeiras o desenvolvimento da pluriatividade contribui significativamente para a efetivação do processo de territotialização, sendo realizada por uma parcela expressiva dos assentados pesquisados que afirmam que, a renda advinda da pluriatividade contribui para que os mesmos continuem no Assentamento.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 423676 - ANTONIO CARDOSO FACANHA
Externo à Instituição - MANUELA NUNES LEAL - UESPI
Externo ao Programa - 276280 - MARCOS ANTONIO DE CASTRO MARQUES TEIXEIRA
Presidente - 247.143.723-00 - MARIA TEREZA DE ALENCAR - UFPI
Notícia cadastrada em: 21/02/2014 17:02
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 06/10/2022 00:45