News

Banca de DEFESA: IGOR DE ARAÚJO PINHEIRO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: IGOR DE ARAÚJO PINHEIRO
DATA: 27/02/2015
HORA: 14:30
LOCAL: Sala de video 2
TÍTULO:

 

REPRESENTAÇÃO SOCIAL DE PAISAGEM POR ALUNOS DO ENSINO MÉDIO



PALAVRAS-CHAVES:

 Ensino de Geografia. Representação social. Conceito de paisagem.


PÁGINAS: 156
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
SUBÁREA: Geografia Humana
RESUMO:

Esta pesquisa tem como tema o conteúdo de paisagem nas aulas de geografia, considerando-se esse conteúdo relevante para a compreensão do meio em que os alunos vivem. A paisagem está carregada de signos e significados que atuam na produção das representações sociais dos indivíduos e o seu conceito participa dos processos de compreensão da realidade. Por apresentar um caráter polissêmico, o conceito de paisagem apresentado pelos alunos pode evidenciar distorções a serem investigadas e analisadas no sentido de oferecer diagnóstico para a ação dos educadores. Consideramos, portanto, a construção psicossocial desse conceito pelos estudantes da educação básica. Assim, temos como objetivos de pesquisa analisar a representação social de paisagem entre os alunos da 1ª série do ensino médio das escolas públicas estaduais de Teresina-PI, bem como a influência do trabalho docente para a permanência ou transformação dessas representações. Especificamente buscamos conhecer as diversas abordagens conceituais de paisagem elaboradas pela Geografia; caracterizar a Teoria das Representações Sociais (TRS) inaugurada por Moscovici em 1961, com ênfase na Teoria do Núcleo Central (TNC) desenvolvida por Jean Claude-Abric; verificar a realização dos trabalhos docentes com o conteúdo de paisagem; e, identificar o conteúdo e a estrutura da representação social de paisagem. Os meios de investigação compreendem pesquisa bibliográfica e de campo. A pesquisa bibliográfica está apoiada nas contribuições de diversos autores que realizam pesquisas na área das representações sociais, como Moscovici (2001; 2003; 2012), Jodelet (1984; 1989; 1990; 2001), Abric (1994; 2000; 2001) e Sá (1995; 1996; 1998). No campo da Geografia foram utilizados como referências teóricas os trabalhos de Berque (2006), Santos (1988; 1999; 2002; 2007), Cosgrove (1989), Cavalcanti (1998; 1999; 2002; 2010; 2012), Kaercher (1997; 2004; 2014), Callai (2000; 2013) e Silva (2007). O campo de pesquisa foram às escolas estaduais com oferta de ensino médio, sendo escolhidas quatro (04) escolas estaduais do município de Teresina-PI, uma para cada zona administrativa da cidade que ofertam o Ensino Médio. Utilizamos os seguintes instrumentos e procedimentos de coleta: um questionário socioeconômico e um Teste de Associação Livre de Palavras (TALP) aplicados junto aos alunos, e entrevista estruturada aplicada junto aos professores. Os resultados revelaram indícios significativos da existência de uma representação social, corroborando para com a hipótese central desta pesquisa, na qual se supõe que os elementos da ideia de paisagem identificados na representação social dos alunos estejam relacionados ao senso comum, com pouca influência do conhecimento geográfico com o qual tiveram contato ao longo da educação básica conhecimento geográfico.



MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2280398 - ARMSTRONG MIRANDA EVANGELISTA
Interno - 1167728 - CARLOS SAIT PEREIRA DE ANDRADE
Externo à Instituição - HELENA COPETTI CALLAI - USP
Presidente - 1087152 - JOSELIA SARAIVA E SILVA
Notícia cadastrada em: 05/02/2015 12:17
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 25/09/2022 05:11